REDE DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL CANÇÃO NOVA
Quinta-feira, 14 de dezembro de 2017
  • Facebook
  • Twitter

20 de janeiro, dia do farmacêutico

Publicado em: 20/01/2013

Deus por meio do trabalho edifica o homem. O Senhor permitiu que muitas profissões surgissem na sociedade com o objetivo de colaborar para construção do reino de Deus. Acredito que a profissão farmacêutica surgiu assim.

Uma profissão muito antiga, originária antes da primeira vinda de Cristo e que possui a missão de somente colaborar para o bem estar das pessoas.
Pensando neste bem estar físico, psíquico e espiritual a quase 10 anos sou farmacêutico. Aliado a meu chamado a ser missionário da comunidade Canção Nova, a 6 anos trabalho no Posto Médico Pe. Pio onde sou coordenador do laboratório.
Para cada dia o Senhor tem o seu cuidado para conosco e para com aqueles que Ele nos confia. Para isso preciso ser dócil aquilo que o Senhor me orienta a cada dia, olhar com o olhar de Jesus quando Ele se deparava com aquele leproso que ninguém cuidava ou preferia não olhar é a essência da minha profissão e chamado. Doar o pouco que se tem confiando que o principal remédio não é o que se ingere, mas Jesus que se faz conosco para acalentar a alma daquele que no momento sofre com as dores do físico e do espírito.
Faz parte de qualquer tratamento a dor, assim acontece quando uma pessoa me surge do laboratório para realizar exames de sangue. O Farmacêutico é um instrumento que pode causar dor naquele momento da realização do exame, mas que Deus usa para cura e o alívio de nossas doenças.
Uma visão humana e cristã como farmacêutico preciso ter para com o outro, me compadecer com a sua dor e me alegrar com o seu alívio.
A Canção Nova é um lugar privilegiado para o melhor tratamento acontecer, não por que somos os melhores e mais capacitados, mas porque na Canção Nova o Evangelho é vivido, foi assim que aprendi com meu pai fundador Mons. Jonas Abib.

Pablo Melo
Missionário e Farmacêutico do Posto Médico Pe. Pio

 

Rede de Desenvolvimento Social Canção Nova, formando homens novos para um mundo novo.

Deixe seu comentário