REDE DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL CANÇÃO NOVA
Quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020
  • Facebook
  • Twitter

Homilia de encerramento da Semana Social: “Perdão, segredo de felicidade “

Publicado em: 11/09/2011

Tags: , ,

Homilia de Dom Milton:

Eu pensava na feliz coincidência de ouvir essa Palavra do Evangelho no dia de hoje, 11 de setembro de 2011, 10 anos após o atentado das torres gêmeas que vitimou milhares de pessoas. Eu penso que tem um personagem esquecido no meio disto tudo, o Beato João Paulo II que foi uma das primeiras vozes a condenar as guerras em nome de Deus. “Nada justifica um atentado como este, a guerra. Nada justifica atribuir a Deus o ódio, o rancor.” E foi graças a esse homem que a humanidade não partiu para um catástrofe ainda maior. Por isso hoje não podemos deixar de nos lembrar da figura de João Paulo II, ele convocou todas os lideres religiosos para se unirem em oração em um encontro. “Nós que cremos em Deus somos irmãos”. E aquele encontro em Assis foi sugestivo, pois cada um pode rezar de acordo com sua fé. Cada um a seu modo foi elevar a Deus sua oração, pedindo ao Senhor que concedesse a sua paz ao mundo. Esse testemunho hoje não pode ser esquecido.

O perdão é capaz de renovar o mundo. Eu ouvi uma frase: “Ninguém pode mudar o passado, mas uma chance pode mudar o futuro”, ai está o que o perdão pode fazer. O que é capaz de mudar o futuro é o perdão. E a Palavra de Deus nos ensina isso, é preciso perdoar. Apressa-te em perdoar.

Jesus sempre nos surpreende, no seu tempo os mestres diziam aos seus discípulos: “Você deve perdoar no máximo três vezes”. Fico pensando o que se passou na cabeça de Pedro, pois ele já tinha presenciado muitos gestos de perdão de Jesus. E se arriscando perguntou a Jesus quantas vezes deveria perdoar, achando que se os mestres diziam 3 vezes, 7 vezes seria muito, mas Jesus o surpreende dizendo: “Não digo 7, mas 70×7”. Não podemos deixar de perdoar. É preciso continuamente aprender a perdoar. É preciso perdoar sempre, só perdão renova o mundo e nos faz plenamente feliz.

O nosso Deus é um Deus que tem compaixão, que não nos trata como merece nossas faltas. “Ele é bondoso, compassivo e carinho”(Sl 102). Se nós queremos o perdão de Deus é preciso aprender a perdoar nossos irmãos, um perdão de coração. Perdoar de coração, não é esquecer. Pois tem mágoas que nos lembraremos a vida inteira. Perdoar não é fingir que nada aconteceu, mas sim de corrigir o irmão, chamar-lhe a atenção “olha, o que você está fazendo na minha vida.”.

Perdoar é uma decisão que tomamos. Olhar para o outro não como meu rival, mas me esforçar para vê-lo como meu irmão. Se há muitos que são reincidentes no seu erro, muitos por uma atitude de perdão viram seu futuro mudar. Perdão é uma experiência de libertação, não somente para quem recebe, mas também para quem dá. Perdão é segredo de felicidade.

Muitos hoje vivem a lei do dente por dente, mas Jesus nos ensina, não se deixe vencer pela mal. Vença o mal com o bem.

Vamos pedir hoje a graça do perdão. Que o Senhor nos dê a graça de perdoar. É hora de dizer basta, basta de ficar culpando, remoendo, apontando o dedo para os outros. Vamos dizer basta, eu quero, Senhor aprender contigo o perdoar. O perdão renova nossa vida, o perdão é o caminho que Deus nos propõe para construirmos um mundo de paz.